sábado, 14 de setembro de 2013

Saudades...

Ás vezes sinto saudades da menina que eu fui. Dos sonhos que sonhei. Das histórias que vivi. E me vejo pensando: "Como seria a minha vida se eu tivesse feito escolhas diferentes?". O bom nisso tudo é que eu nunca fui muito boa com esse lance do "e se...". Na maioria das vezes eu fui lá e fiz. E não me arrependo. Teria deixado de viver histórias incríveis se eu não me permitisse ousar, sonhar, trilhar meus próprios caminhos. E eu sempre tive sede de mais.

Sinto saudades dos amigos que eu nunca mais vi, mas que estarão sempre comigo. Sinto saudades das paqueras inocentes, dos olhares trocados. Sinto saudades das aulas de História, Inglês e Literatura. Sinto saudades dos trabalhos em grupo. Eram sempre engraçados! Sinto saudades das partidas de futebol com os meninos e das conversas com as meninas. Sinto saudades das primeiras vezes, dos gostos e das sensações.

Sinto saudades das noites sem dormir pensando no futuro. Dos bolos, salgadinhos e sorvetes que inventávamos de fazer. Dos cadernos de respostas que alguém nunca devolvia. Dos segredos e confissões. Da insegurança e do medo de pagar mico. Quando somos jovens damos importância para cada coisa. Só rindo!

Saudades. Sentimento bonito de coisas boas que já vivemos. Coisas que nos marcaram, nos ensinaram, nos alegraram e quem sabe, ainda alegram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário